Quer Mais Açúcar: Tradução em Portugues e Letra - Menino Mestiço

A Letra e a Tradução em Portugues de Quer Mais Açúcar - Menino Mestiço
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Italian - Menino Mestiço Italian
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Ingles - Menino Mestiço Ingles
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Espanhol - Menino Mestiço Espanhol
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Frances - Menino Mestiço Frances
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Alemao - Menino Mestiço Alemao
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Portugues - Menino Mestiço Portugues
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Russo - Menino Mestiço Russo
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Holandês - Menino Mestiço Holandês
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Sueco - Menino Mestiço Sueco
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Norueguês - Menino Mestiço Norueguês
Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra em Dinamarquês - Menino Mestiço Dinamarquês
Abaixo, você encontrará letras , videoclipes e traduções de Quer Mais Açúcar - Menino Mestiço em vários idiomas. O vídeo da música com a faixa de áudio da música será iniciado automaticamente no canto inferior direito. Para melhorar a tradução, você pode seguir este link ou pressionar o botão azul na parte inferior.

Quer Mais Açúcar
Letra de Menino Mestiço

Um café pra curar essa azia
Um cigarro pra curar demagogia
Uma cerva pra curar essa ingrisia
Um baseado pra curar hipocrisia

2x
Açúcar, açúcar, açúcar, açúcar, açúcar
Quer mais açúcar?


São drogas ilícitas e lícitas
Nas listas de compras, quais são as suas favoritas?
Tem a da farmácia, a do bar, ou a que vende na padaria
O mundo é uma biqueira e o traficante é a vida

Não precisa fumar, não precisa beber
É só respirar o ar, pra se entorpecer
E não precisa subir o morro com medo de morrer
Cê quer droga mais pesada do que viver?

Uns querem calar o vazio, outros suportar viver só
Todo mundo tem um vício pra desfazer o nó
É cada um na sua como álcool e pó
Diz que não se mistura, mas andam juntos né
De viciado todo mundo tem um pouco
Mas não é a camisa de força que faz o louco
Usa o que quer, o que tá disposto
Mas pelamor não vai dar trabalho pros outros

A dose faz o veneno e eles não consultam o médico
De correr dos demônio tão com porte atlético
Outro copo no bar e os amigo diz para Celso
O boteco vira divã, cachaça vira remédio

O homi da lei batem, a linha da lei processa
Mas nenhum dos dois fecha fábrica de cerveja
Ninguém, vai parar de comprar tarja preta
Sejam chapados, alienados, caretas, qual o seu problema?


Um café pra curar essa azia
Um cigarro pra curar demagogia
Uma cerva pra curar essa ingrisia
Um baseado pra curar hipocrisia

2x
Açúcar, açúcar, açúcar, açúcar, açúcar
Quer mais açúcar?


Eles tão frito na larica
Frita um balde de batata Frida e toma a coca rindo
É a cocaína, Rita Lee na cura, o terceiro olho abrindo
As pupila ventosa de Ventania são pupilo
Tão nos cogumelo, mas não são Mário
Comendo plantinha, ouvindo Criolo, Mariô
Foram pego com a erva e eram réu primário
Cismaram com as drogas mas que droga te contrariou?

Eles na escola, cheirando cola

Cola na prova, depois reprova, bota a culpa tudo nas droga
Essa farinha não faz bolo, então não bola
Só dixava e bola, atacante quer dar uma bola

Só os ponta de lança, que não lança oh
Um lance é um lance, bafora o lança e tó
Tão comendo Lollo, cheirando loló
No camarote do Lolla, com a amiga Lola, que usa batom lilás e muito pó

Me dá um ls desse, pra me fazer rir
Molly molly, eu acho que to pra fazer o Nasi
Eu tô em êxtase ouvindo “ela é puro êxtase”
Tomei um ecstasy, não sei porque tô dando ênfase

Até os monstrão, tão vendo monstro do Lago Ness
Calma parça, aqui é Brasil num tem Messi
7 a 1 pro beck, caiu na boca da Lassie
Que na curva do S fez cagada, xiii, acontece

Eles usam bala depois o dente não vão escovar
Essas crianças indo a Disney só pra decolar
A Tal da Branca de Neve é filha do Pablo Escobar
E o pó da Fada Azul aqui vai te fazer escorar
É a nevasca que se alastra, da minha rua até o Alaska
Te deixa só a lasca, vê espírito Ayahuasca
Do verde igual o Máskara, a reencarnação de Bhaskara
Ta doidão de Inuyasha, ta na hora de ir “nu” acha?

Mata, vicia, acaricia o ego de quem caricia
Eu vejo meus heróis indo, eles amam uma heroína
Na velha adrenalina, a veia adora a seringa
Ativa a dopamina, serotonina, oxitocina, oxi to China

Se a meta afeta a mina, xiu
Das duas narinas, sei que uma já sentiu
O baque, o choque, a onda, a mil
Quem diz que nunca provou, mentiu

Ha ha ha, essa é da boa
É nois que avoa, bruxão
Olha essa brisa ooua, vários Harry Potter na lagoa
E eu achando que tava no chão

Isso é masmorra, mental, letal, fatal e tal
Sensacionalizam no jornal
Quem com vício dorme é cemitério ou hospital
Você, você vai morrer até o natal

A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal
A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal

A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal
A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal

Quer Mais Açúcar
Tradução de Menino Mestiço em Portugues

Um café pra curar essa azia
Um cigarro pra curar demagogia
Uma cerva pra curar essa ingrisia
Um baseado pra curar hipocrisia

2x
Açúcar, açúcar, açúcar, açúcar, açúcar
Quer mais açúcar?


São drogas ilícitas e lícitas
Nas listas de compras, quais são as suas favoritas?
Tem a da farmácia, a do bar, ou a que vende na padaria
O mundo é uma biqueira e o traficante é a vida

Não precisa fumar, não precisa beber
É só respirar o ar, pra se entorpecer
E não precisa subir o morro com medo de morrer
Cê quer droga mais pesada do que viver?

Uns querem calar o vazio, outros suportar viver só
Todo mundo tem um vício pra desfazer o nó
É cada um na sua como álcool e pó
Diz que não se mistura, mas andam juntos né
De viciado todo mundo tem um pouco
Mas não é a camisa de força que faz o louco
Usa o que quer, o que tá disposto
Mas pelamor não vai dar trabalho pros outros

A dose faz o veneno e eles não consultam o médico
De correr dos demônio tão com porte atlético
Outro copo no bar e os amigo diz para Celso
O boteco vira divã, cachaça vira remédio

O homi da lei batem, a linha da lei processa
Mas nenhum dos dois fecha fábrica de cerveja
Ninguém, vai parar de comprar tarja preta
Sejam chapados, alienados, caretas, qual o seu problema?


Um café pra curar essa azia
Um cigarro pra curar demagogia
Uma cerva pra curar essa ingrisia
Um baseado pra curar hipocrisia

2x
Açúcar, açúcar, açúcar, açúcar, açúcar
Quer mais açúcar?


Eles tão frito na larica
Frita um balde de batata Frida e toma a coca rindo
É a cocaína, Rita Lee na cura, o terceiro olho abrindo
As pupila ventosa de Ventania são pupilo
Tão nos cogumelo, mas não são Mário
Comendo plantinha, ouvindo Criolo, Mariô
Foram pego com a erva e eram réu primário
Cismaram com as drogas mas que droga te contrariou?

Eles na escola, cheirando cola

Cola na prova, depois reprova, bota a culpa tudo nas droga
Essa farinha não faz bolo, então não bola
Só dixava e bola, atacante quer dar uma bola

Só os ponta de lança, que não lança oh
Um lance é um lance, bafora o lança e tó
Tão comendo Lollo, cheirando loló
No camarote do Lolla, com a amiga Lola, que usa batom lilás e muito pó

Me dá um ls desse, pra me fazer rir
Molly molly, eu acho que to pra fazer o Nasi
Eu tô em êxtase ouvindo “ela é puro êxtase”
Tomei um ecstasy, não sei porque tô dando ênfase

Até os monstrão, tão vendo monstro do Lago Ness
Calma parça, aqui é Brasil num tem Messi
7 a 1 pro beck, caiu na boca da Lassie
Que na curva do S fez cagada, xiii, acontece

Eles usam bala depois o dente não vão escovar
Essas crianças indo a Disney só pra decolar
A Tal da Branca de Neve é filha do Pablo Escobar
E o pó da Fada Azul aqui vai te fazer escorar
É a nevasca que se alastra, da minha rua até o Alaska
Te deixa só a lasca, vê espírito Ayahuasca
Do verde igual o Máskara, a reencarnação de Bhaskara
Ta doidão de Inuyasha, ta na hora de ir “nu” acha?

Mata, vicia, acaricia o ego de quem caricia
Eu vejo meus heróis indo, eles amam uma heroína
Na velha adrenalina, a veia adora a seringa
Ativa a dopamina, serotonina, oxitocina, oxi to China

Se a meta afeta a mina, xiu
Das duas narinas, sei que uma já sentiu
O baque, o choque, a onda, a mil
Quem diz que nunca provou, mentiu

Ha ha ha, essa é da boa
É nois que avoa, bruxão
Olha essa brisa ooua, vários Harry Potter na lagoa
E eu achando que tava no chão

Isso é masmorra, mental, letal, fatal e tal
Sensacionalizam no jornal
Quem com vício dorme é cemitério ou hospital
Você, você vai morrer até o natal

A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal
A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal

A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal
A danada, a maldita, o cal
É o açúcar, essa química do mal

Melhorar esta tradução

Devido à falta de tempo e de pessoas, muitas traduções são feitas com o tradutor automático.
Sabemos que não é o melhor, mas é o suficiente para deixar claro para aqueles que nos visitam.
Com a sua ajuda e a dos outros visitantes, podemos fazer deste site uma referência para as traduções de músicas.
Você quer dar sua contribuição para a música Quer Mais Açúcar Estamos felizes!

Menino Mestiço

Quer Mais Açúcar: Tradução e Letra - Menino Mestiço

Quer Mais Açúcar

Vos apresentamos o texto e a tradução de Quer Mais Açúcar, uma nova música criada por Menino Mestiço extraída do álbum 'Abençoado Seja o Que Acredita e Não Desanima'

O álbum consiste em 9 músicas. Vocês podem clicar nele para ver os respectivos textos e as traduções:

Estes são alguns dos sucessoscantados por . Entre parênteses vocês encontram o nome do álbum:

Ultimas Traduções e Letras Inseridas Menino Mestiço

Ultimas Traduções e Letras Inseridas

Traduções mais vistas esta semana

Até agora você melhorou
155
traduções de músicas
Obrigado!